Onde limite é a virgula e não o ponto.


Via de Acesso

22/04/2015 08:54

Via de Acesso

 

à viver;

não basta o teórico

não adianta psicotécnico

tem que se realizar no prático

 

alguns habilitados 

dirigem 

desabilitados, 

são dirigidos

 

na via passageira

quem tem carta; alforria 

quem está ao lado; afasia

 

a roda roda viva 

da vida à rua 

da vida dádiva  

 

um só

o sentido é obrigatório

o trajeto mão única

mesmo à contra-mão.

 

faz sentido?

 

o farol esclarece:

saborear o olhar

tocar e escutar

dias sol,  

dias sangue,

dias verdes

é verde à travessia

 

cuidado!

 

a pista

é escorregadia,

irregular

há animais,

estreitamentos,

curvas perigosas,

lombadas,

desvios à esquerda, 

à direita

acidentes pelo percurso

'circulaçços',

rotatórias

 

a via exige:

valentia nos aclives 

e segurança nos declives.

 

descendo ou subindo,

bem ou mal,

está sinalizada 

é só prestar-se

atenção!

não atirar nas placas 

 

por hora,

respeite a velocidade

a sua, a dela a da placa

respeite a quilometragem

de quem já girou muito

de quem começa a rolar

 

aviso!

 

um sinal emplaca 

-proibido estacionar-

seguir é ir 

mesmo que volte

sempre em frente

 

havia é assim,

rodovia

o que houve, ouvimos

memórias passageiras

 

havia é assim,

circuito frenesim 

de pretéritos imperfeitos 

marca(das) rodas

nas estradas

 

haveremos de retornar?

a veremos de novo?

não sei, 

o saber chegou ao fim da estrada e fiquei só com o sabor do primeiro beijo.

 
Texto: Maurício de Carvalho Gervazoni
Mais: https://www.sem-fronteiras.net/news/corrente-de-ouro/

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!