Onde limite é a virgula e não o ponto.


Crônicas

20/03/2014 07:42

O Feirante Trovador

“Ói” Minha senhora! “Ói” Meu patrão! Chega mais aqui na barraca do “Jão”! Hoje “to” vendendo a solução! “Vo” “caba” com os “pobrema” do sertão! Vem cá “ocêis”; Não é aquela prosa de “Prozaic” perdida não... É proeza da poesia que “vo” dá de coração... E não irrita a pele da menina. Que nem...

—————

23/01/2014 08:18

Reminiscências

  “Há pensamentos que são orações. Há momentos nos quais, seja qual for a posição do corpo, a alma está de...

—————

23/12/2013 07:40

Natal Advindo

  Natal Advindo Mais um Natal se aproxima.  E mais uma vez temos oportunidade em celebrá-lo.  Podemos fazer igual à maioria, ignorando sua origem; distraindo-se em cores, fartura, excesso e privação de si. Podemos preocupar-nos somente com as compras, a ceia, as férias e viagens, as...

—————

05/07/2013 09:15

Série os Impecáveis -Parte 2- Executiva-

  Selene é o protótipo da mulher moderna, biônica. Invejada executiva da indústria farmacêutica. Escalou rápido a hierarquia da corporação. Selene da lucro. É sua especialidade vender drogas. E hoje é um dia em que necessitará todo o brilho, pois prepara-se para uma grande evento. O Bônus...

—————

04/07/2013 19:38

Série os Impecáveis -Parte 1- Autômato

05h30min, toca o despertador. No exato instante em que Pedro Henrique levanta da cama. Em indício de conformidade. Caminha sonâmbulo até o banheiro. Não importa a vontade, urina sentado para não sujar a tampa. PH é asseado. Rotina diária ir até o espelho. Esta cansado, mesmo assim obriga-se a...

—————



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!